Saiba como ter segurança no canteiro de obras.

A importância da segurança no canteiro de obras.

De acordo com dados obtidos no Anuário Estatístico da Previdência Social, a construção civil é uma das profissões mais perigosas que existem. A partir desses dados, e tendo-se em vista que todos os trabalhadores são responsáveis pela segurança no canteiro de obras, não há como desconsiderar os agentes de risco (atividades em geral, equipamentos e máquinas) e deixar a segurança de lado.

Além de garantir a integridade física dos trabalhadores, a segurança no canteiro de obras é objeto de fiscalização de entidades como o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea) e até mesmo o Ministério do Trabalho. Tendo em vista isso, se torna de extrema importância manter o canteiro de obras um lugar seguro para os trabalhadores.

Como ter segurança no canteiro de obras?

            Já sabemos que a segurança no canteiro de obras é importante, mas de que forma podemos fazer com que ela se torne eficaz e presente no dia-a-dia da sua construção?

Planeje-se.

De acordo com o Portal do Construtor, para cada R$ 1,00 investido em segurança, são economizados R$ 3,00 em custos de acidentes, ações na justiça e contas com despesas médicas.

Sendo assim, antes de dar início a construção, todos os gastos com essa e outras etapas devem ser previstos para evitar qualquer desperdício dentro do canteiro de obras. Além disso, como já mostrado anteriormente, a segurança no canteiro de obras se faz essencial e vale todo o valor que venha a ser investido.

É importante salientar também, que analisar os riscos da obra em questão são totalmente necessários. Dessa maneira, os riscos poderão ser previstos e evitados, garantindo uma maior segurança aos trabalhadores.

Siga as normas.

            As normas regulamentadoras existem para toda e qualquer profissão, e isso não seria uma realidade diferente para a segurança no canteiro de obras. Sendo assim, deve-se ficar atento às normas como a NR 35 e a NR 6, dentre outras, que abordam do assunto tratado.

            Além disso, é importante que todos (do patrão ao empregado) saibam de forma clara e explícita quais são os seus direitos e deveres. Dessa forma, certas penalidades, para ambas as partes, podem ser evitadas.

Conscientize.

            Para que todos os envolvidos na atividade percebam a importância da segurança no canteiro de obras, os valores de conscientização devem estar intrínsecos em cada um. Portanto, cabe a empresa ou pessoa responsável pela execução da obra realizar tal conscientização de estímulo a cultura da segurança no trabalho.

            Com os estímulos corretos, o trabalhador se sentirá responsável, não só pela sua segurança, mas pela do próximo também. O que leva a um processo mais funcional e eficaz, já que todos estarão trabalhando em conjunto.

Utilize equipamentos de boa qualidade.

            Em uma obra existem diversos equipamentos que acabam se tornando agentes de risco, principalmente quando são velhos ou de má qualidade. Sendo assim, se faz necessário o uso no canteiro de obras, de equipamentos de boa qualidade, evitando assim, maiores riscos.

            Além disso, os equipamentos de proteção individual (EPIs) são obrigatórios a todos os envolvidos nesse espaço. É obrigação do empregador disponibilizá-lo, bem como cobrar dos empregados o seu uso.

Fiscalize.

Após a conscientização dos trabalhadores em relação aos seus direitos e deveres em relação a segurança no canteiro de obras, é necessário fiscalizar suas atuações para verificar se estão cumprindo com suas atividades.

Caso haja descumprimento dos deveres, o trabalhador deve levar uma advertência como forma de manutenção de um ambiente seguro.

A partir do que foi evidenciado aqui, pudemos perceber a importância de ter segurança no canteiro de obras da sua mais nova edificação, além de formas de garantir a sua eficácia. É importante salientar, ainda, que essas são apenas algumas das mais variadas formas para se obter sucesso nesse quesito.