Dicas e cuidados que se devem tomar sobre a instalação elétrica de uma edificação

             Em todos os lugares que frequentamos possuem algum tipo de instalação elétrica, seja na nossa casa, no trabalho ou no parque do bairro. Por estarmos rodeados dessa maravilha que não conseguimos mais viver sem, é importante saber algumas dicas e ter alguns cuidados para evitar problemas.

Poucos plugs

             Quem nunca sentiu falta de um plug a mais para poder carregar o celular e precisou utilizar métodos alternativos para dar aquela carga antes de sair de casa?

             É muito comum se deparar com ambientes que não possuem a quantidade de tomadas necessárias para todos os aparelhos que você deseja utilizar. O principal motivo disso é que não houve um estudo prévio no momento da concepção do projeto, o qual procurava saber quais as necessidades do morador, ou até mesmo sequer houve projeto, ficando a mercê da experiência do eletricista.

             Uma grande consequência disso é ter que utilizar extensões, ou até mesmo um tê, para poder plugar tudo que é necessário. Deve-se ter muito cuidado com o tê para não conectar a muitos aparelhos ou até mesmo uma junção de vários tês para que não haja um sobrecarregamento da tomada, o que pode levar a um superaquecimento ou até mesmo um curto-circuito.

             Uma boa solução para evitar um curto-circuito é a instalação de disjuntores DR, que são ativados assim que acontece uma fuga de corrente proveniente de um curto-circuito ou sobrecarga da tomada. Além de evitar prejuízos, ao serem instalados nos locais corretos dá para identificar em qual região da instalação elétrica está com problema.

Iluminação

            Assim como tem o problema de faltar plugs para utilizar os aparelhos do dia-a-dia, existe também o problema de ter poucas lâmpadas no ambiente, ou até mesmo muitas lâmpadas no mesmo.

            Ao se fazer o estudo do projeto é possível identificar a quantidade recomendada de lâmpadas a se colocar no cômodo, levando em conta a área do ambiente e o fim de utilização do mesmo.

            Ter poucas lâmpadas pode resultar em um desconforto na vista, promovendo ambientes pouco iluminados, com sombras excessivas e que geram uma insegurança para quem está transitando no local.

            Tomando como exemplo uma sala de estudos, se ela estivar má iluminada, será necessária a utilização de lâmpadas auxiliares, como as luminárias, em horários que se a iluminação do local fosse adequada não seria necessário plugar mais um aparelho.

            Em contrapartida, colocar lâmpadas em excesso além de causar luminosidade excessiva, pode trazer sensações de mal-estar e até de desleixo com o ambiente. Além disso, gera um gasto a mais na conta de luz no final do mês.

Interruptores

             Algo que vem sendo muito procurado (e utilizado) recentemente são os interruptores three way e four way, que são os interruptores paralelos e intermediários, respectivamente.

            A utilidade deles é fazer com que você consiga acender ou apagar uma lâmpada em locais diferentes, o que é muito recomendado para ambientes grandes, como a sala de estar, corredores e até mesmo em quartos grandes, onde você consegue apagar a luz deitado na cama, pois terá um interruptor ao seu lado.

            Tudo isso gera uma maior conforto e sensação de bem-estar ao morador, pelo simples fato de que ele vai se sentir com mais poder ao conseguir comandar a iluminação de mais de um lugar.

Resumo:

Recapitulando tudo que foi dito no texto, para que você não deixe passar nada:

  1. Contratar um profissional para fazer um projeto elétrico, evitando problemas como a falta de plugs e tomadas, má distribuição da iluminação e para ter maior segurança;
  2. Além dos disjuntores comuns, instalar também os disjuntores DR, para evitar problemas com fuga de corrente;
  3. Evitar colocar luzes em excesso e conseguir deixar da forma mais harmoniosa possível, pois uma boa iluminação traz vários tipos de sensações boas para quem frequenta o lugar;
  4. Utilizar interruptores three way e four way em cômodos grandes.

OBS: Qualquer dúvida sobre projeto de instalação elétrica predial, deve-se consultar a NBR 5410: Instalações elétricas de baixa tensão.